Quero ser Arquiteta! (parte 1)




Escolher uma carreira não é tarefa fácil. Muita gente se sente aterrorizado por estar chegando o momento de decidir algo tão importante, que vai mudar completamente o rumo da sua vida. Aquela perguntinha básica que ouvimos desde que aprendemos a falar, "o que você vai ser quando crescer?", ainda assusta muitos que já saíram da infância há muito tempo. Mas calma! Essa confusão é perfeitamente normal. Reuni aqui algumas dicas e informações sobre a profissão que eu escolhi: Arquitetura. Vou contar um pouco da minha experiência de vestibulanda.

Desde pequena, arquitetura é minha paixão. Todas as meninas liam revistas de moda, e eu lia Casa Cor e Arquitetura e Construção. Tanto que minha mãe fez assinatura. E quando a revista chegava eu era a primeira a correr pra ler antes de todo mundo. Fazia desenhos de plantas de casas, dava pitaco nas reformas da minha casa. E aos 11 anos descobri o The Sims. Foi uma festa! Desenhava as plantas das casas antes de jogar, pensava em todos os detalhes, piso, janelas, desenhava os móveis e onde ficariam... Enfim, tudo parecia lindo. Mas o tempo passou, e a dúvida chegou: será que é isso mesmo que eu quero?

Acabou que optei no final de 2010 por prestar vestibular pra Publicidade e Propaganda. O curso é meio novo por aqui, tinha mais oportunidades de estágio e empregos, e dura pouco tempo (3 anos e meio). Mas no meio do ano, eu estava um pouco insatisfeita com o curso, e passei na UFOP pra Arquitetura e Urbanismo. Não pensei duas vezes! Hoje sou apaixonada pelo curso, pela cidade, e tenho certeza do que quero.



Muita gente pensa em fazer arquitetura, muitas vezes por ser uma profissão glamourizada (como moda, artes visuais, publicidade, cinema, design...) e não sabe direito o que o arquiteto faz, nem como é o curso em si. Em primeiro lugar, se você está procurando um curso fácil, Arquitetura não é o seu lugar! O curso é difícil, você vai passar várias noites acordada, vários dias inteiros sem comer debruçada em cima de uma prancheta ou na frente de um computador, vai chorar por causa de um micro rasgo na sua folha, andar cheia de folhas, tubos e muambas por aí, e vários outros sofrimentos.

Se você quer ser rico, arquitetura não é o seu lugar! Se quer ser rico, jogue na mega sena, preste concurso pra ser secretária de alguma coisa na câmara dos deputados federais, pose pra play boy. Há um mercado de trabalho muito amplo para arquitetos. Os melhores arquitetos são escolhidos pelo próprio mercado. Quer se dar bem na vida? Seja o melhor. Estude, busque ir além do que foi passado na sala sempre. E essa regra não vale apenas para arquitetura. No mais, arquitetura é paixão, é força de vontade. Sem paixão pelo que faz, ninguém se dá bem em nada.



Meu curso dura cinco anos. E sei que durante esse trajeto, vou ter muito estresse, muita choradeira, muitas brigas entre grupos de trabalho, muitos livros, e muitas vezes, aquela vontade de desistir de tudo. Mas a paixão pela profissão tem que superar tudo isso, pra poder olhar pra tudo isso e continuar tendo a certeza de que estou realizando um sonho!

11 comentários:

Leona Poet. disse...

aquiteta, que legal. nunca pensei em ser arquiteta..

Lídia disse...

é uma profissão excelente e linda!

Antonia C. Sundrani disse...

Adorei o post! Expressou muito bem e dá pra sentir a paixão que você sente pelo seu curso <3
Eu cheguei a me matricular em arquitetura, mas acabei não cursando.
Honestamente, estou quase na metade do curso de Letras e até hoje não sei o que eu quero fazer! Penso muito em cursar Publicidade e Propaganda, mas só depois de terminar Letras (já troquei de curso umas 15 vezes!) se não, não me formo nunca! Haha.

Mas arquitetura também sempre me chamou atenção. Eu adorava desenhar plantas de casas quando era pequena (ainda brinco de fazer isso) e tive a mesma alegria que você com The Sims! - Nem gostava de jogar mesmo, minha diversão era fazer as casas, haha. Sou fã de revistas de decoração e adoro dar pitacos! rs

Parabéns pelo post e muito sucesso nessa linda profissão que você escolheu! <3

Beijos!!

Ann;
Vinte & Poucos

Lídia disse...

Obrigada!
Ah conheço muita gente que vive trocando de curso também. O ruim é que a formatura vai sendo adiada, mas sou totalmente contra alguém fazer um curso que não goste.

Sucesso pra você também sualinda! :*

Ahasa, Gata! disse...

acho legal, mas como sou uma negação em matemática, voou ter de pensar em outra cooisa HUAHSUA
http://ahasagata.blogspot.com/

Lídia disse...

HUAHUA ^^

Anônimo disse...

Owwwnt Adorei seu blog!
Eu até pensei em arquitetura, mas aqui na minha cidade não tem, e não conseguia me ver morando longe de casa tão cedo. E tbm pensei que pra ser arquiteta precisava de CRIATIVIDADE! Então optei por engenharia sanitária e ambiental mesmo hahahaha, mas é pq eu achei civil mais puxada nas partes de cálculos estruturais e tal....

Lídia disse...

Obrigada pela visita! *_* Boa sorte na sua carreira!

Brenda disse...

Lindo post! Eu tenho em mente cursar Arquitetura, mas tenho medo. O curso é focado mais em desenho ou na matemática? Gosto de matemática mas não sou nerd tbm. hehe. De que cidade vc vem realmente?

Bjo

Lídia disse...

Ainda estou no primeiro período, então não dá pra saber ainda exatamente. Tem parte técnica e artística, mas depende muito da faculdade, em algumas o curso é mais voltado pras artes e em outras mais pra "engenharia".

Eu sou do interior de Minas mesmo, região do Vale do Aço! ^^

Beatriz mega disse...

Oi Lídia, eu estou prestando arquitetura e me identifiquei muito com seu post!!
Também passava horas no the sims construindo casas!
Enfim, eu prestei várias faculdades aqui no estado de São Paulo mas estou muito na dúvida quais eu escolho pelo sisu, e a ufop seria uma opção. Então só queria saber o que você acha da faculdade, do curso e de ouro preto? Você recomenda a ufop?
Beijos