Despertador


Voltando à realidade. Estudos, despertador, distância... Cheguei em Ouro Preto ontem, foi uma luta pra organizar minhas coisas. Não sei o que aconteceu, minhas coisas não cabem mais aqui! E olha que meu pai voltou com um tanto de casacos que eu não uso mais e deixei todos os edredons em casa. Não cabe mais NADA nem dentro, nem em cima da cômoda (que é enorme) e muito menos em cima da cama. Minhas coisas se multiplicaram!

Final de férias é triste. Senti falta de ter algo pra fazer e principalmente do clima daqui (que inclusive está perfeito!), mas eu queria um pouquinho mais. Quem não queria né? Já estou pensando no fim de semana que não chega, e minhas aulas só começam amanhã. Nada que um pote de nutella não resolva.

Estou um pouquinho (só um pouquinho) ansiosa para as aulas de plástica, e nem um pouco pra Física Térmica e Ondulatória e Cálculo. Faz parte. Amanhã de 17 às 22:40 estarei voltando à rotina. E o Gui também está de mudança. A gente já decidiu que vamos dar conta. Adaptações são difíceis, porém necessárias. Daqui a pouco vamos nos reunir pra planejar o trote dos novos bichos (calouros são carinhosamente chamados assim aqui) e tomar um açaí de despedida da atoisse. E a vida continua.

Nenhum comentário: