Deita Comigo



É só olhar pra mala vazia, aberta, me esperando. Sensação estranha essa. Pego tudo o que tenho. Olhares, lágrimas, abraços, fotografias, um papel amassado, saudades, lembranças, e coloco dentro da mala. E como de costume, encontramos algumas coisas perdidas na hora da faxina. Lá no canto, empoeiradas... Eu tinha me esquecido, e lembrei que faz falta. E doeu te ver ali, no canto, jogada, esquecida. Perceber que fui eu quem te deixou assim, doeu mais ainda. Por um momento, uma vida inteira passou pela minha mente. Não sei como pude deixar chegar nesse ponto. Não nos reconhecemos mais. Eu sinto muita falta de nós. 

Por favor, não pense que eu te troquei. No seu lugar tem um vazio imenso, infinito, que ninguém nunca vai ocupar. É o seu lugar, exclusivo, que já nasceu comigo, e pra você não tenho medo de dizer que é pra sempre. Eu prometo que vamos consertar tudo. Ainda temos tempo. Nunca mais, eu prometo, nunca mais vou te deixar assim... Me perdoa pelo meu desafeto, e pela minha falta de coragem pra dizer tudo isso. Eu te amo, muito, sempre.

Deita um pouquinho aqui comigo...

2 comentários:

Fabi Penco disse...

Devemos dizer a quem amamos tudo o que sentimos, pois nunca se sabe o dia de amanhã. Tantas idas e vindas acabam por nos afastar das pessoas queridas.
Bjs linda

Luana Oliveira disse...

Adorei o textinho, muito romantico eu diria, rs

Bjãooo, te espero lá no meu blog ok?! ♥
http://www.paaradateen.com
http://www.facebook.com/PAARADATEEN